A Vovó Rambo

Ela resolveu fazer justiça com as próprias mãos.

O nome dessa simpática vovó é Ava Estelle, à época, ela tinha 81 anos. Mas não se deixe enganar pelas aparências. Na Austrália, onde mora, Ava é mais conhecida por “Vovó Rambo”. Tudo isso, porque em meados de 2008, ao saber que sua neta de 18 anos foi estuprada, por dois homens, assim como o personagem dos filmes, ela resolveu fazer justiça com as próprias mãos.

 Deixe-me explicar melhor esse causo.

A história da Vovó Rambo começa em 21 de agosto. Debbie, sua neta foi agarrada e violentada em plena luz do dia pelos dois bandidos armados de facas. “Quando vi a expressão no rosto da minha Debbie, aquela noite no hospital, decidi que sairia sozinha atrás daqueles bastardos, porque imaginei que a lei seria branda com eles”, relatou a bibliotecária aposentada. “E eu não estava com medo deles porque eu tinha um revolver e tinha atirado durante toda a vida”, revelou Rambo, digo, Ava.

Assim, usando um esboço dos suspeitos e da descrição feita por Debbie, a vovó passou sete dias rondando a vizinhança, onde o crime havia acontecido, até ver os estupradores entrarem no hotel em que moravam.

“Eu sabia que eram eles no minuto em que os vi, mas ainda assim fiz uma foto deles e a levei para Debbie e ela disse, segura como o diabo, que eram eles. Assim voltei para o hotel e encontrei o quarto deles e bati na porta, e no instante em que o bandido abriu a porta eu atirei em linha reta entre suas pernas, exatamente onde ele realmente ficaria mais ferido, sabe. Então entrei e atirei no outro quando ele recuou, suplicando-me que o poupasse. Então fui até a delegacia de polícia e me entreguei”, relatou Vovó Rambo.

É isso mesmo que vocês estão pensando. A delicada vovó Ava Estelle, de 81 anos, ficou tão chocada quando dois delinqüentes estupraram sua neta de 18 anos, que quando ela conseguiu localizar os criminosos, ela os baleou nos testículos. Digna do apelido, não é?

“A velha senhora passou uma semana caçando esses homens e quando os encontrou, vingou-se desta forma inusitada”, disse Evan Delp, investigador da polícia de Melbourne. Em seguida, ela tomou um taxi, foi até a delegacia de polícia mais próxima, colocou a arma no balcão do sargento de plantão e lhe disse, com toda a calma:

 
 
Vai encarar?

 – Por Deus, esses bastardos não vão estuprar mais ninguém!

Os policiais disseram que Davis Furth, de 33 anos, ex-condenado e estuprador, perdeu o pênis e os testículos quando Ava abriu fogo com sua pistola de 9 mm, no quarto do hotel, onde ele vivia junto com Stanley Thomas, de 29 anos, seu companheiro de cela do período em que haviam cumprido pena na cadeia.

A Vovó Rambo também atingiu os testículos de Thomas, mas no hospital, o médico procurou salvar seu pênis mutilado. “Thomas não perdeu sua masculinidade, mas o médico com quem conversei disse que ele não poderá usá-lo como antigamente”, disse o investigador Delp aos repórteres. “Os dois homens ainda estão em más condições, mas acho que devem estar felizes por terem sobrevivido, depois daquilo que passaram”, finalizou.

Agora, a polícia tenta achar uma solução para situação da Vovó Rambo, uma vez que ela infringiu a lei, por porte ilegal de armas e por tentativa de homicídio. “O que ela fez está errado e ela infringiu a lei, mas é difícil mandar uma velha senhora de 81 anos para a cadeia. Especialmente quando três milhões de pessoas na cidade querem nomeá-la prefeito.” Completou.

Inacreditável, não?

Por Sérgio Rangel

Uma resposta to “A Vovó Rambo”

  1. tamicassia Says:

    Eu votaria na Vovó Rambo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: