A hora do Tarzan

Tarzan: o rei da selva e de todas as noites.

Em uma cidade de interior, há uns bons 70 anos, o que existia de mais diferente para se fazer? “Com 10 anos, eu pulava corda e elástico… e de semanas em semanas eu reveza com minhas quatro irmãs quem ia ajudar a mamãe a limpar a porco abatido!” Essa é a D. Zely, nascida e criada no interior das minas gerais, minha vó, meu maior orgulho de todos! “Hoje em dia tem internet, né?! E tem brinquedo e computador pra ocupar o tempo… eu, na minha época, gostava mesmo é do Tarzan!”

Sem TV e nossas tecnologias, o melhor do dia se fazia no rádio – aliás, falando em tecnologias, antes de escrever esse post, expliquei assim pra minha vó o que era um blog: é um diário que a gente escreve no computador para todo mundo ler! E ela entendeu!

“Podíamos estar fazendo qualquer coisa, mas, às 18h, quando a gente ouvia o grito do Tarzan no rádio, era hora de ficar bem quietinha, imaginando todas aquelas histórias! A minha mãe também ouvia, não era só coisa de criança não, mas depois ela pedia pra gente fazer um desenho ou escrever alguns pedaços do episódio, assim a gente montava vários livros de histórias depois, uma coleção do Tarzan!” O quão genial é essa idéia?! A união de atenção, imaginação, escrita, desenho, colaboração… um tanto multifuncional ao meu ver, depois são as crianças de hoje que fazem muitas coisas ao mesmo tempo, mas isso eu achei demais!

“A Jane para mim era a menina mais bonita do mundo! Os bons modos e o vestido comprido amarelo que depois virou uma tanga mas eu não dexei de querer um! E tive até um parecido um dia, quando fui miss da cidade!” Essa história fica pra outro post! “O Tarzan eu não sabia se era bonito não, apesar do que minhas irmãs diziam! Mas ele tinha a inocência da gente! Gostava da natureza e dos animais… hoje em dia ainda existe a história do Tarzan? As crianças deviam conhecer a história dele, para aprender o que fazer com o planeta.” Tá aí a voz da sabedoria!

“O programa passava todos os dias, e sua meia de duração era suficiente para ocupar toda a noite, os sonhos e outro dia até chegar a hora do novo capítulo.” Simples assim.

“Tá boa essa história para blog?” Tá uma Delícia, Vó!

Por Ana Elisa Bassi

8 Respostas to “A hora do Tarzan”

  1. vovodelicia Says:

    ” ‘Tá boa essa história para blog?’ Tá uma Delícia, Vó!”

    Sensacional! Parabéns Aninha!

    Sérgio

  2. Luiza Says:

    Que legal.. eu nem imaginava q a historia do tarzan era tão antiga.. e ainda por cima q era contada no rádio..
    Arrasou!!!!

  3. Isabela Says:

    Aninha, só você mesmo pra trazer de volta tantas fantasias num post tão doce!

    Parabéns!

    Beijinhos =*

  4. Bruno Roldi Says:

    Sério, que gostoso de ler esse blog! Tem “vovô” gênio, vovó miss… Agora até eu fiquei com vontade de contar histórias da minha vovó!

    (Essa criatividade e imaginação que sua vovó despertou quando criança, desabrocha cada vez mais em você!)

    =*

  5. Alfredo Says:

    Aninha,

    Que gostoso ler coisas criadas por você! Delícia de texto, prático, ágil, fácil e amável. Parabéns pela iniciativa e pelo estilo.

    Abraços,

    Alfredo

  6. Dona Dedê – Uma personagem histórica « Vovó Delícia Says:

    […] Hoje é aniversário da minha Vó Zely, a vó da Hora do Tarzan! Beijo pra ela […]

  7. Letícia Says:

    Vocó Zely!!!
    Gosto tanto dela.
    Quero poder ouvir essas histórias dela bem de perto!!
    Esse post só me deixou mais interessada!
    🙂

  8. Athos Eichler Cardoso Says:

    Oi Vóvó,
    eu também fiquei apaixonado pelo inesquecível Tarzan no rádio. Creio que era 15 minutos e a música de fundo era tan-tan-tan tan-tan-tan tan-tan creio que do Villa Lobos. Em que ano foi ? Creio que 1946…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: